A criolipólise é uma das principais pedidas dos famosos para acabar de vez com a gordura localizada e também está entre as mais solicitadas entre os pacientes da Acorporalle.

Sem nenhum furo ou corte, essa tecnologia, que pode ser aplicada em regiões como abdômen, flancos, coxas, etc, elimina até 30% da gordura localizada apenas com a sucção da região aplicada, onde vai congelar e matar as células gordurosas, que serão eliminadas por meio da urina.

Mesmo que feito em apenas uma região do corpo, a criolipólise elimina toda a gordura daquele local e, num processo gradativo, os resultados são visíveis de imediato, porém a real perda de medida será vista após 30 dias.

Em nossa clínica, a criolipólise é feita por Biomédicos Estetas e o tratamento é rápido, seguro e preciso.

Recomendações Biomédicas

  • Procedimentos estéticos não-invasivos e invasivos injetáveis de não exclusividade médica reconhecidos pela Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética (SBBME), em acordo com as resoluções do Conselho Federal de Biomedicina (CFBM), regulamentações da ANVISA e Leis Federais.
  • Estes procedimentos são de uso e acompanhamento do profissional Biomédico Esteta especializado.
  • As informações divulgadas nesta mensagem não substituem aconselhamento e acompanhamento do biomédico esteta. Antes de tomar qualquer decisão, procure um biomédico esteta especializado e associado à Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética (SBBME).
  • BIOMEDICINA ESTÉTICA: Especialidade biomédica voltada ao tratamento estético do paciente saudável. O biomédico esteta atua na prevenção do envelhecimento precoce, da melhoria metabólica corporal, do rejuvenescimento facial e cutâneo, queda de cabelo, acne, manchas, estrias, celulite, gordura localizada e demais disfunções estéticas, para que a saúde, beleza, bem estar e autoestima do paciente sejam beneficiadas.
  • Imagens meramente ilustrativas. Os resultados podem variar a cada paciente.

Desconfie de:

  • Tratamentos estéticos extremamente baratos (o profissional bem qualificado tem o seu valor).
  • Insistência do profissional para realizar o procedimento.
  • Corporativismo profissional médico, eles não são os únicos que podem atuar na estética invasiva injetável.
  • Profissionais da saúde não habilitados pelos seus respectivos Conselhos de Classe, Associações, Sociedades e ou Sindicatos.