As manchas na pele produzidas por quadros de melasmas ou melanoses são um dos maiores desafios nas clinicas de estética, mas não na Acorporalle. Uma das técnicas que utilizamos para esses problemas é o peeling de ácido tranexâmico.

O ácido tranexâmico é um medicamento com ação antifibrinolítica, capaz de diminuir a ativação de uma proteína chamada plasmina. A plasmina é responsável por estimular a formulação de uma resposta inflamatória no tecido da pele contra a presença da melanina, resultando no desenvolvimento das manchas características do melasma.

A aplicação do ácido tranexâmico ajuda a conter o desenvolvimento das inflamações no tecido cutâneo causado pela plasmina, reduzindo a presença de manchas na pele de indivíduos susceptíveis.

Os tratamentos com esse ácido têm apresentado resultados mais satisfatórios em pacientes que apresentam melasma, com baixo índice de efeitos colaterais – como ardência ou irritação na região -, após a sua aplicação.

O tratamento com ácido tranexâmico, apesar de ser apresentado como eficaz e duradouro, ainda não é capaz de oferecer a cura para os pacientes que apresentam o melasma, sendo responsável por somente ajudar a reduzir o surgimento dos sintomas.

Recomendações Biomédicas

  • Procedimentos estéticos não-invasivos e invasivos injetáveis de não exclusividade médica reconhecidos pela Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética (SBBME), em acordo com as resoluções do Conselho Federal de Biomedicina (CFBM), regulamentações da ANVISA e Leis Federais.
  • Estes procedimentos são de uso e acompanhamento do profissional Biomédico Esteta especializado.
  • As informações divulgadas nesta mensagem não substituem aconselhamento e acompanhamento do biomédico esteta. Antes de tomar qualquer decisão, procure um biomédico esteta especializado e associado à Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética (SBBME).
  • BIOMEDICINA ESTÉTICA: Especialidade biomédica voltada ao tratamento estético do paciente saudável. O biomédico esteta atua na prevenção do envelhecimento precoce, da melhoria metabólica corporal, do rejuvenescimento facial e cutâneo, queda de cabelo, acne, manchas, estrias, celulite, gordura localizada e demais disfunções estéticas, para que a saúde, beleza, bem estar e autoestima do paciente sejam beneficiadas.
  • Imagens meramente ilustrativas. Os resultados podem variar a cada paciente.

Desconfie de:

  • Tratamentos estéticos extremamente baratos (o profissional bem qualificado tem o seu valor).
  • Insistência do profissional para realizar o procedimento.
  • Corporativismo profissional médico, eles não são os únicos que podem atuar na estética invasiva injetável.
  • Profissionais da saúde não habilitados pelos seus respectivos Conselhos de Classe, Associações, Sociedades e ou Sindicatos.